Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Runas da Bruxa

As bruxas  têm sido associadas á adivinhação desde tempos remotos.

De fato, as mulheres e os homens que praticam a arte da adivinhação eram e, em alguns casos ,ainda são considerados bruxos.

O simples fato de ser um sensitivo, é de certa forma sinônimo da palavra bruxa.

Em  geral, as bruxas modernas lêem cartas, praticam astrologia, lançam runas  ou utilizam a cabala  um sistema místico hebraico de conhecimento que também é usado para adivinhação.

Á exceção das runas, esses métodos de prever a sorte tiveram origem no Oriente Médio e foram levados para a Europa pelos ciganos.

As runas escandinavas talvez seja o oráculo que mais se aproxima dos sistemas divinatórios dos antigos ingleses.

As Runas da Bruxa foram aprimoradas pelos pictos, faziam parte de tribos na Escócia.

Ninguém sabe ao certo de onde vieram, muitos acreditavam que eles eram um povo mágico.

Franzinos e de pele escura tinham poderes sobrenaturais.

Afinal, eram pequenos e falavam um idioma que nada tinha á ver com os outros da região.

A tribo dos pictos previam o futuro, lançavam feitiços, usavam magia e se comunicavam com os mortos.

Seus costumes e o estranho alfabeto eram semelhantes aos dos ciganos que chegaram posteriormente á Grã-Bretanha.

Algumas letras do alfabeto picto são reconhecidas como símbolos Rom que pertencem aos ciganos  ou povo Rom- que se originaram na Índia e difundiram diversos sistemas orientais de adivinhação por toda a Europa depois do ano de 1000 d.c.

Parte desses caracteres ou hieróglifos picto compreende as Runas da Bruxa.

Essas pedras possuem todo um poder mágico pois além de procederem desse povo misterioso, são confeccionadas com a energia psíquica de quem vai usa-las. 
 

 

Para a consulta das runas envie

rubiagalante@rubiagalante.com.br


voltar