Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Poesia 1


Aqui nesse espaço, nesse tempo...
muito nos perdemos nas lembranças e nos momentos.
Alguns vividos, outros sofridos, mas sempre resistindo.

Quero deixar aqui  expresso e registrar, tudo que vivi e
senti por tanto amar.

Toda a beleza da natureza passa á expandir, quando o amor
nos faz sentir.

É como reflorescer...

Já sabemos, como a beleza se faz presente, mas ao acontecer novamente... nos dá um novo reviver.
Ah...! o Amor...! Como é belo! Mesmo na dor.
Tem tudo como tem a flor.
Há de cuidá-lo com carinho e atenção, sempre alimentá-lo.
Dê-lhe calor, afeto e carinho, que ao pegar nos seus espinhos nada sentirás.
Nada significará, apenas verás a retribuição de como é bom
Amar...
Dedico este pequeno verso aos meus pais queridos que me aguardam com ansiedade.

voltar