Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Relato de Brbara Julian (Babi)

 

Por conta de muitas situações em nossas vidas acreditamos que nada mais no mundo serve e nem tem ‘salvação’.

Por vezes pensamos que ninguém nos ama e ninguém ‘gosta’ verdadeiramente da nossa companhia e, como em uma ladeira, a nossa ‘auto-estima’ vai aos pés.

Mas, como muitos dizem, não é pra sempre que a tempestade dura, não é?! Principalmente quando temos anjos em nossas vidas.

Eu andava pelos cantos, perdida, fazendo coisas erradas (acabei me envolvendo com drogas e estava com a minha energia extremamente abalada e cheia de más influências).

Com um dedo do pé quebrado, de cama, sem poder andar, meu colchão ficava no chão e neste dia estava muito frio.

Fui acometida por uma febre de quase 40º C e parei no hospital, com infecção urinária e uma gripe muito forte.

Acabei indo à casa da minha mãe, pra poder me recuperar melhor e fazer tratamento no meu pé.

Um certo dia o telefone tocou, era minha tia Elisabeth, perguntando pela minha irmã.

Queria saber se ela iria fazer a iniciação no Reiki Usui Shiki Ryoho. Lembro-me que minha irmã disse que não queria fazer pois ela deveria ficar um tempo sem fumar e tentar limpar o seu organismo.

Pois bem, peguei o telefone e falei para a minha tia que eu queria ser iniciada e perguntei quais eram os procedimentos a serem adotados. Segui todos à risca e resolvi fazer a iniciação.

Lembro-me de ter chegado lá (na casa dos meus tios, que são terapeutas holísticos), estava com uma paz tão grande dentro de mim que nem parecia ‘eu’. Isso foi numa sexta-feira, e a iniciação seria no sábado.

Estava muito emocionada. O sábado chegou e fomos para a clínica onde aconteceriam as sintonizações energéticas.

Só de chegar em frente ao local meu coração disparava, pulava, minhas mãos tremiam, meus olhos só choravam.

Era uma angústia tão grande que saia de dentro de mim, que colocava os pés dentro da clínica e não conseguia parar de chorar. Parecia um descarrego da minha alma, lá do fundo.

Chegou a hora de começar, então. Estudamos, e enfim, o momento de receber a iniciação.

Meu corpo aquecia, vibrava, sorria e meus olhos choravam feito crianças. Me senti limpa, pura e tão amada naquele momento.

Parecia que o mundo lá fora havia resolvido voltar a ser bom comigo. E os dias após ter acontecido a iniciação foram passando.

Eu consegui me livrar do vício do cigarro e das drogas (faz dois anos já) e não tive nenhuma recaída, minha fé e minha força de vontade, juntamente com a bênção dos Mestres, dos Amigos Espirituais, dos Anjos (ou como queiram denominar) me deram todas as boas energias necessárias para não cair novamente.

Essa iniciação foi surpreendente, eu sonhava coisas lindas em forma de libertação, de cura e acordava muitas vezes com lágrimas nos olhos.

Logo depois fui avisada de que seria iniciada no nível II do Reiki e as situações lindas e as lágrimas sempre estiveram presentes.

 Essa limpeza, essa cura, a pureza que tenho em mim hoje foi fruto de muita luta contra más tendências e tantas coisas que só me faziam mal.

Não digo que a briga não é diária... mas eu sei que tenho forças, crenças, fé e amor muito grandes dentro de mim e, além disso tudo, tenho Mestres, Anjos, Amigos Espirituais que me acompanham e auxiliam nesse Plano Superior tão lindo.

Hoje, a única coisa que mais quero é seguir meu caminho auxiliando as pessoas, mostrando que o mundo ainda tem salvação. Que ainda existe amor no coração das pessoas, ainda existe esperança dentro dos olhos e nas palmas das mãos.

Hoje, eu tenho orgulho de dizer que sou reikiana e não tenho a menor vergonha e medo de ser.

Pratico yoga, estudo grande parte das religiões, procuro fazer o bem sempre e utilizar minhas mãos e meus canais sempre no serviço da Luz, do Amor, da Paz, da Harmonia e da Cura.

 E, com toda a força da palavra eu posso dizer que hoje EU SOU, límpida, pura, consciente, transparente.

Minha gratidão para com meus tios e o ensinamento que me passaram é eterna. Agradeço a vocês, Roberto e Elisabeth e agradeço, acima de tudo à Deus, ao Poder Superior Divino, à todas as Energias de Luz, todos os Mestres Ascencionados, todos os Anjos, Amigos Espirituais que laboram nesse plano terrestre para auxiliarem em nossa evolução.

 E, não quero parar por aqui não, estou e quero estar sempre aberta a novos estudos, novas formas e perspectivas de ver a vida, o mundo e de pregar o AMOR, A LUZ, A PAZ, A DIVINDADE, A DEVOÇÃO E A VIDA.

Namastê!

voltar