Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Poesia 10

 

Certa vez, num jardim bem cuidado, com atenção e dedicação.

Tudo era colocado com exatidão.

As flores em ordem de cor, as folhas por tamanho.

Todas as plantas recebiam carinho.

E por essa razão; cresciam...Cresciam...

Por um capricho da natureza, certo dia sem dó e piedade.

Uma grande e ávida tempestade...

O jardim inundou, as folhas foram arrancadas, as flores jogadas ao chão...

Era difícil acreditar que algo sobraria.

Então quem sempre do jardim cuidava, com amor e dedicação.

Saiu pela chuva á fora, á procura das flores caídas.

Para cuida-las novamente, apostando na semente.

E eis que depois de um tempo, surge com todo esplendor um novo jardim crescido pelo amor.

Não há o que resista á um gesto de carinho.”

voltar