Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Benzimento de Animais

                                                                                                         

 

BENZIMENTO DE ANIMAIS

Com um ramo de alecrim, guiné ou arruda, benze-se o gato, cachorro, etc, recitando esta prece:

Benzo-te, ó pobre animalzinho, para que saia de teu corpo todo o fluído ruim ou vibrações más provenientes de mau-olhado, inveja ou ciúme que te hajam posto. Que passe para este ramo de planta abençoada toda a influência negativa que te está atormentando, seja de tristeza, de dor, de angústia ou doença espiritual. Que o anjo tutelar que vela por tua espécie esteja neste momento me assistindo e dando-me forças para que te livre destes males e voltes a viver com a mesma alegria e disposição de antes, porque também és filho de Deus e Ele te concedeu vida para que tenhas progresso e cumpras tua parte junto a nós humanos.
Deus de infinita sabedoria e bondade, dá-me forças para que eu tire deste animal, Tua criatura, toda a maldade que por ventura afete-o em seu existência normal. Junte ao amor que lhe devoto, as vibrações positivas e salutares que possam fazê-lo ficar são e isento de cargas fluídicas maléficas colocadas por algum irmão imperfeito que o inveje e o queira; faça-o curar-se de doença ou mal estar natural, vinda de alguma coisa que comeu ou sofreu, produzindo-lhe a perturbação. Faça, Senhor, com que o mal que tiver passe para este galho e desapareça depois sem prejudicar quem quer que seja, mesmo a pessoa que consciente ou inconsciente, produziu o mal. Assim Seja !

Findo o benzimento, enterra-se o galho ou joga-se em água corrente para que os fluídos não prejudiquem alguma criança.

voltar